Marinas e recreação do Porto

Um porto seguro é sempre possível para aqueles que nadam ao longo da costa portuguesa. De norte a sul, assim como na madeira e nos Açores, muitas são píeres de férias e Cais equipados com todos os serviços para receber pessoas que chegam por mar. Nos séculos XV e XVI, os marinheiros portugueses encontraram caminhos que os levaram a outras culturas e terras distantes, e foram os primeiros europeus a chegar ao Extremo Oriente ou ao Brasil.

Os portos de pesca mais populares

Hoje, com um clima ameno e muito sol durante todo o ano, Portugal oferece excelentes condições para desfrutar do oceano, vela ou uma grande variedade de desportos aquáticos, você certamente encontrará as comodidades e equipamentos necessários em terra. Estes serviços estão disponíveis na Marina e no recreio, muitos dos quais são premiados com a Bandeira Azul Europeia, confirmando as excelentes condições de qualidade da água, Gestão Ambiental, Segurança e serviço. Seguindo a costa de norte a sul, encontramos primeiro a marina de Viana do Castelo, que, juntamente com a foz do Rio Lima, é a porta de entrada para a região verde de Migno. Logo abaixo estão dois portos, um na Póvoa do Varzima, um local de verão muito movimentado, e outro em Lakesoens, porto do Atlântico, que já está perto da segunda maior cidade do país, o Porto. Mas qualquer um que queira ir para o interior pode escolher as marinas e Cais do Rio Douro, na região onde o famoso vinho do porto é produzido, outro “marinheiro” que também chegou a todos os cantos do mundo. No centro de Portugal, destaca-se o Farol Da Barra, o mais alto do país e um link para os marinheiros.

Os portos de pesca mais populares

Há também vários lugares onde você pode deixar os píeres na Carregala perto de Owar, Torreira ou Figueira da Foz, um local de verão cheio de charme e tradição. Mais ao sul, Nazaré e Peniche, conhecidos por sua arte de pescar e ondas que atraem surfistas de todo o mundo, também oferecem portos seguros. Na área de Lisboa, aqueles que chegam por mar têm muitas opções, desde a costa do Estoril até o porto de Cascais e o porto de recreação de Oeiras até a Marina do Parque das Nações, no extremo leste da cidade. Entre eles, as docas de Alcântara, Santo Amaro, Belém e bom passaram sucessivamente pela reconversão nos anos 90., que os transformou em centros de animação noturna na cidade, com restaurantes, bares e boates atraindo muitas pessoas. Do outro lado do rio Tejo, perto do Parque Natural da Arrábida, o porto de recreação de Sesimbra é uma excelente base para explorar pequenas enseadas e praias desertas. Por exemplo, o Cais de Fontenhas, em Setúbal, ou o cais de Tróia, onde, quando deixamos cair os berços, podemos facilmente encontrar golfinhos. Mais ao sul, Sines serve como um porto de escala para quem viaja no Algarve, pois fica a meio caminho. No interior, o Alentejo Amieira Marina é uma infra-estrutura com a qual as pessoas que viajam pelo Grande Lago de Alqueva podem contar, onde você pode até alugar um barco para relaxar e caminhar.

Existem cais seguros ao longo da Costa do Algarve

Vilamoura, o porto mais antigo do país, está localizado na área mais central e é um excelente centro de animação. Mas de oeste a leste, Lagos, Portimão, Albufeira, Faro, Ollan, Tavira e Vila Real de Santo Antonio têm outros portos que competem em qualidade. No coração do Atlântico, nos arquipélagos da madeira e dos Açores, importantes como uma parada no épico Português do século XVI, as conexões marítimas são o principal transporte entre as ilhas. Na madeira, além da marina, o Funchal, uma cidade cosmopolita, tem um dos principais portos de cruzeiros do país e recebe navios e embarcações de todo o mundo.

Mas existem outros cais na região, como a Quinta do Senhor e a ilha de Porto Santo, conhecida por seu longo Arenal de ouro. Nos Açores, a marina de Horta, um ícone para quem atravessa o Atlântico, é bem conhecida por seus “lobos do mar”, que deixam desenhos e pinturas nas paredes que a tornam uma das mais coloridas do mundo. E há outros lugares para lançar âncoras em outros lugares. Por exemplo, em Terceira-em Angrze e na praia de vitória – ou em San Miguel-Ponta Delgada e Vila Franca do campo-onde podemos deixar com segurança o navio para ir à costa para descobrir a beleza deslumbrante dessas ilhas mágicas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

− 5 = 3