História do Porto, informação básica da cidade

Vamos contar-lhe a história do Porto como tem sido desde a sua fundação.A cidade do Porto foi a que deu o nome a Portugal. Era anteriormente chamada de Cale e era uma pequena aldeia que estava localizada exatamente onde o Douro fluía, acrescentando um porto, o porto de Cale, “Portus Cale”, de onde Portugal se origina.

Esta aldeia que ocupou o Império Romano e que fez uma paragem quase obrigatória quando ia entre Braga e Lisboa.


História do Porto na Idade Média

História do Porto na Idade Média

Em 456, o rei visigodo Teodorico II o tomou. os visigodos governaram a cidade até 616, que foi conquistada pelos árabes, que governaram a cidade até 716.Clique aqui para ver os melhores planos do Porto. Os árabes estiveram lá até que foi recapturado pelo rei Afonso I das Astúrias. Então foi praticamente abandonado até 880, quando o último rei Asturiano Afonso II, O Grande ordenou o reabastecimento. Em 1096, o rei Afonso VI de Castela e Leão casou sua filha Teresa com Henrique da Borgonha. Que deu origem ao Condado de Portulacense, onde a capital era o Porto.

Alfonso Enriquez, que era filho de Teresa e Enrique da Borgonha. Foi ele quem conseguiu a independência do Condado de Portulacense do Reino de Castela e Leão. Em 1138 conseguiram derrotar os muçulmanos na batalha de Ourique. É a data que é considerada a base da Independência de Portugal. Cinco anos depois, em 1143, foi reconhecido como rei de Portugal por Afonso VII, rei de Castela e Leão, sendo nomeado Afonso I Enriquez, altura em que a independência de Portugal foi alcançada.

Revolta da cidade

Em 1383, a história do Porto mudou. A cidade ajudou a revolta do Grão-Mestre da ordem de Avis, que será rei no futuro João I, contra os castelhanos que cercaram a vizinha Lisboa.
Em 1387, João I casou-se com Filipe de Lencastre, que era sobrinha do rei Henrique III de Inglaterra. Esta ligação significava o Tratado de Windsor, através do qual nasceu a mais antiga aliança militar do mundo, a que ocorreu entre Portugal e a Inglaterra. Em 1394 nasceu em Porto Henrique “o navegador”, filho de João I de Portugal. O país foi muito enriquecido com descobertas, tornando-se o Centro Europeu do comércio marítimo. Os portos do país, entre os quais o Porto se destacava, tinham uma idade de ouro. O grande desenvolvimento que o Porto alcançou a todos os níveis fez com que se tornasse uma referência na indústria naval do país. Em 1415, foi a data em que os habitantes da cidade foram chamados de “tripeiros” pelo grande sacrifício que enfrentaram para conquistar Ceuta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

20 ÷ 2 =